Não cometa estes 6 erros ao casar com um Incrédulo

Os casais costumam ter muitas coisas em comum, mas nem sempre eles possuem as mesmas crenças.

Apesar de possuírem crenças diferentes, é possível o casal viver em harmonia, mas existem alguns erros que podem ser evitados neste tipo de relação.

Iremos falar sobre 6 erros que podem tornar seu relacionamento mais complicado e sua vida mais frustrante, portanto, aproveite as dicas e não cometa estes 6 erros ao ter um cônjuge incrédulo.

Caso você esteja vivendo com o coração repleto de incertezas por possuir um cônjuge descrente, tire um pouco do seu tempo para ler as dicas a seguir.

Abra seu coração e sua mente, peça ajuda ao Espírito Santo e não cometa estes 6 erros ao ter um cônjuge descrente:

  • Forçar suas crenças
  • Abandonar seu cônjuge
  • Tornar-se um descrente
  • Parar de apoiar
  • Não critique
  • Não crie expectativas

Forçar suas crenças

Pode ser muito frustrante dividir sua vida com uma pessoa descrente, mas um erro que não deve ser cometido é tentar forçar suas crenças em seu cônjuge.

Você tem as melhores das intenções ao querer que seu cônjuge siga os ensinamentos de Deus, mas forçar suas crenças não é a melhor forma.

Ele deve escolher seguir o caminho do Senhor por conta própria.

Com o passar do tempo, seu cônjuge irá perceber sozinho a diferença que a crença faz em sua vida e na vida da sua família, quando ele perceber isto, poderá facilmente deixar de ser um descrente.

Forçar suas crenças para um descrente pode fazer com que ele se afaste ainda mais, portanto, tenha cuidado com isto.

Abandonar seu cônjuge

Coríntios 7:12-14: “Aos mais digo eu, não o Senhor: se algum irmão tem mulher incrédula, e esta consente em morar com ele, não a abandone; e a mulher que tem marido incrédulo, e este consente em viver com ela, não deixe o marido. Porque o marido incrédulo é santificado no convívio da esposa, e a esposa incrédula é santificada no convívio do marido crente. Doutra sorte, os vossos filhos seriam impuros; porém, agora, são santos.”

Não é preciso abandonar o seu cônjuge por ele ser descrente, sua fé é tudo que sua família irá precisar para se manter.

É importante não se esquecer da oração, elas tem o poder de transformar a descrença em uma forte crença.

Você fez votos sagrados com seu cônjuge e optaram por dividir suas vidas juntos, então não deixe que a descrença consiga arruinar a ligação que vocês possuem.

Tornar-se um incrédulo

A descrença é um inimigo ardiloso e que pode nos assombrar quando estivermos enfrentando os piores momentos de nossas vidas. É preciso fortalecer sua fé todos os dias.

Possuir um cônjuge descrente pode ser uma tarefa difícil, mas não deixe isto abalar suas crenças.

Mantenha sua fé sempre e não cometa estes 6 erros ao ter um cônjuge incrédulo, principalmente este, pois se tornar um incrédulo por causa das pedras colocadas em seu caminho não resolverá seus problemas.

Você nunca está sozinho, pois tem a companhia de Deus constantemente ao seu lado e isto é o suficiente para enfrentar qualquer dificuldade sem se deixar abalar.

Parar de apoiar

É importante lembrar que você deve apoiar seu cônjuge mesmo que ele seja incrédulo.

Pode ser muito fácil se esquecer de que uma das coisas mais importantes em dividir a vida com seu cônjuge é o apoio.

Mesmo que você não concorde com as crenças dele, deve apoiar e ajudar.

Se afastar do seu cônjuge por causa de sua descrença irá apenas tornar suas vidas mais frustrantes, portanto, mantenha a fé, pois Deus está olhando para sua relação e não te abandonou.

Não critique

Estamos dando algumas dicas para que você não cometa estes 6 erros ao ter um cônjuge descrente e este não deixa de ser muito importante.

Pode ser muito difícil aceitar a falta de fé de seu cônjuge, mas encher o relacionamento de críticas por isto, ou descontar as frustrações que essa situação pode trazer para o seu relacionamento é um grande erro.

Você deve aceitar as diferenças do seu cônjuge, as dicas citadas logo acima já devem ter mostrado como é importante não forçar o cônjuge a seguir suas crenças, este caminho deve ser percorrido por ele sem grandes empurrões e transtornos.

Não crie expectativa

Você não deve criar grandes expectativas e esperar que seu cônjuge um magicamente tenha crenças com a mesma força que você.

Você deve esperar calmamente pelo tempo dele, sempre em oração , clamando ao Senhor por uma mudança.

Criar expectativas irá apenas causar mais frustrações para você, portanto, mantenha suas crenças e aguarde, pois Deus não falha e não irá abandonar sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *